Resenhas

Resenha: Vingança da maré

IMG_2178

Olá pessoas, como vão vocês?

A resenha de hoje é de um livro que estava parado na minha estante já tinha uns 3 anos, comprei ele na bienal por 5 reais, Vingança da Maré, da Elizabeth Haynes. Quando comprei o livro, sim pelo preço e pela capa, logo depois fui procurar algumas resenhas para saber se as pessoas tinham gostado da leitura, achei muitas críticas como um livro que poderia ser melhor e muitas das resenhas colocam Vingança da maré lado a lado ao “No Escuro”, primeiro livro da autora, que foi muito bem elogiado. Então, aí vão minhas impressões e opiniões com essa leitura:

Sinopse: Depois de trabalhar arduamente por muito tempo – alternando um emprego como executiva de vendas durante o dia com o de dançarina de pole dance à noite -, Genevieve finalmente conseguiu juntar dinheiro para realizar seu sonho: comprar e reformar um barco e mudar-se para Kent, bem longe da estressante vida em Londres que tanto a aborrece. Tudo parece enfim perfeito. Até que, na festa de inauguração do barco, enquanto amigos de sua antiga vida parecem zombar do que agora lhe é tão caro, um corpo aparece boiando próximo ao ancoradouro, e Genevieve reconhece a vítima. Ao perceber seu santuário flutuante maculado, e convencida de que sua vida também está em risco, Genevieve se vê novamente envolvida com o perigoso submundo de corrupção, crimes e traição do qual pensava ter finalmente escapado. E está prestes a descobrir os problemas de se misturar negócios e prazer.

Genevieve é uma ex dançarina de uma boate chamada Barclay, na qual todo fim de semana ela se apresentava com pole dance, e caçava clientes a noite toda para levar para a área particular para se apresentar, ela ganhava muito dinheiro com isso, mas tudo tinha um só objetivo: comprar seu barco e sair da agitada Londres, porém acabou se envolvendo demais no trabalho da boate, o dono, Fitz, nunca foi flor que se cheire, gente que ninguém se atreveria a irritar, até que uma noite, Viva, nome fictício que Genevieve usava na boate, reage a uma tentativa de estupro de um cliente muito importante nos negócios de Fitz, apesar de ser proibido as dançarinas terem contato sexual com os clientes, as vezes Fitz gosta que deixem as regras para trás quando trata-se de unir parceiro no seu grande negócio ilegal: tráfico de drogas.

Após o ataque, e também ser despedida do seu trabalho diurno, Genevieve decide que chegou a hora de comprar seu barco, no mesmo dia, Dylan, um companheiro de boate, lhe faz uma proposta, lhe da o dinheiro que falta para comprar o barco e ela guarda um pacote misterioso com ela que daqui alguns meses ele iria buscar, ela aceitou e então ele sumiu. Porém na festa de inauguração, Genevieve convida alguns amigos de Londres, incluindo Caddy, uma das poucas dançarinas que foi amiga dento do Barclay, acontece que ela não apareceu, horas depois de todos terem ido embora, algo batia no seu barco e fazia um barulho muito desconfortável, ao conferir, era um corpo, morto, era o corpo de Caddy, a partir daí as coisas ficam bastante perigosas na sua vida.

Eu gostei muito da leitura, me prendeu do início ao fim tendo um ótimo climáx, como expliquei aqui está em ordem cronológica, o que não acontece exatamente no livro, que tem início na inauguração do barco e na morte de Caddy, o livro se passa no presente e no passado, contando de toda a investigação da morte da dançarina e de todo o passado de Genevieve, assim aos poucos, o passado começa a dar formas aos acontecimentos do presente. A única coisa que não gostei na leitura é que a troca de parágrafo para falar de tempos diferentes era muito pequena e para quem lê rápido acaba emendando tudo e fica meio confuso e precisa retomar o parágrafo, o que no caso não seria um erro da autora e sim da editora, não que seja de fato um erro, mas um espaçamento melhor traria mais conforto na leitura, fora isso, eu amei o livro, superou todas as expectativas que eu tinha, já que as resenhas que li não foram tão positivas, então ele me surpreendeu, eu não posso comparar com “No Escuro” porque eu não li, talvez quem tenha sido mais crítico  nas resenhas esperava que se aproximasse ao nível de suspense do primeiro da autora, então pode ter achado ele mais leve, mas no meu ponto de vista, essa leitura vale muito a pena, principalmente se você ter a mesma sorte que eu e achar ele por 5 reais no estante da Intrínseca!

Espero que gostem, beijos <3.

Anúncios

23 comentários em “Resenha: Vingança da maré

  1. Olá, tudo bem?
    Ah, lembro dessas promoções da intrínseca na Bienal, mas não vi esse livro. A capa também me chamou atenção, e após sua resenha, vejo que a história também é interessante, afinal, amo um suspense. Obrigada pela dica!
    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Olá
    Não conhecia esse livro ainda, mas na hora que bati o olho lembrei do livro anterior da autora e até achei que poderia ser uma continuação.
    Gostei bastante das sua resenha, o livro parece ser bem envolvente e me deixou curiosa com essa ‘conspiração’ toda.

    Curtir

  3. Heeey! Eu ainda não conhecia esse livro. É bem legal quando pegamos aquele livro que está virando parte da estante pq achamos que ele pode não ser tão bom e nos surpreendente de alguma forma. Parabéns pela resenha. Abraços.
    diarioleitorblog.blogspot.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá! Achei sua foto muito fofa e adorei a capa do livro. Bem massa.
    Mas confesso que não me interessou nem um pouco, eu super compraria pela capa se não soubesse da história hahahahaha
    Mas ela não me chamou muita atenção, parece que ela é superficial não sei. Talvez a autora tenha conseguido fazer uma boa historia no fim das contas mas não acho que daria uma chance.
    Mas gostei da sua resenha 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  5. Saudades de comentar nesse blog, rs…

    Que história tensa hein, rs, parece um daqueles episódios de CSI Miami. Mas gostei da premissa. Histórias assim devem ter finais que surpreendam e, pelo que li, o final desse livro conseguiu surpreendê-la. Muito bom assim.

    Um livro da Intrínseca por 5 píla?
    Que sorte você tem hein Raíssa! Xejus Frisko, haha!

    Curtido por 1 pessoa

  6. Ola tudo bom eu também vivo comprando livros na promoção e não leio tenho uns 12 guardados na estante kkk em relação o livro eu já tinha visto ele mas nunca tinha despertado para comprar sabe acho q pelo fato da capa n ter me chamado muito a atenção, mas como diz o ditado quem vê cara n vê coração né eu adorei essa resenha gente parece ser puro suspende e eu adoro histórias de suspense, vou ver se o encontro em PDF kkk

    -Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  7. Oi Raissa
    Eu adorei a sua resenha, ela me deixou bastante intrigada quanto a história do livro, que me pareceu ser bem interessante. Também gostei bastante da capa desse livro, eu não diria que ela é linda, mas com certeza desperta a curiosidade.
    Beijos!!

    Curtido por 1 pessoa

  8. É muito bom quando fazemos esses achados, encontrando um livro de que gostamos tanto por um preço tão mais baixo. Ultimamente, tenho comprado livros praticamente só pela internet, mas houve uma época que frequentava muito sebos e… era uma perdição e uma alegria. Comprei coisas preciosas por preços espantosamente baixos…
    Eu não conhecia essa autora! 😮
    Ah! Depois vou responder por lá, mas adorei o comentário que você deixou lá no meu blog! 🙂
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s